25 de março de 2010

Empadão integral de palmito (vegan)

Essa torta de palmito fica espetacular. Sempre que posso eu uso farinha de trigo integral, pois acho um disperdício usar só a farinha refinada. A farinha integral torna o prato mais nutritivo e crocante. O palmito desfiado faz as pessoas acharem que tem frango, o que obviamente não é verdade...

Ingredientes para a massa:
Essa receita é como a de quiche, mas um pouco maior, pois acima do recheio temos que colocar a tampa.
1 e 1/2 xícarade farinha de trigo integral
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo refinada
6 colheres de creme vegetal
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de axeite extra-virgem



Ingredientes para o recheio:
1 vidro médio de palmito (300g, de preferência o extra-macio)
1 cebola inteira processada ou bem picadinha
3 colheres de chá de alho batido
2 tomates pequenos
1 cenoura pequena ralada
4 colheres de molho de tomate
sal a gosto
Opcionalmente, 5 gotas de tabasco e 1/2 colher de chá de páprica doce

Preparo:
Para a massa, misture bem todos os ingredientes até ficar bem homogênea. Separe a metade e forre o fundo e as laterais de uma forma. Não deixe a camada de massa muito grossa. A massa mais fininha deixará o empadão mais leve. Se a intenção for tirar da forma, deixe a camada com 3mm mais ou menos.

Esse recheio lembra muito os recheios de frango que vemos em tortas compradas na rua. Só que, obviamente e felizmente, sem frango. Puro palmito, sem embromação.

Para o recheio, desfie bem o palmito com um garfo. Processe um tomate com casca e semente, a cenoura ralada e 1/3 da cebola picada, com 1 dedo de um copo de água. Em uma panela, refogue alho e depois o restante da cebola, acrescentando o palmito em seguida. Acrescente os outros ingredientes e deixe no fogo baixo até a água começar a evaporar e o molho ir ficando mais consistente. Retire do fogo e espere esfriar.

Coloque o recheio sobre a massa, na forma. Agora basta tampar com o restante da massa. Para isso, dica valiosíssima. Essa massa é quebradiça e é difícil fazer uma tampa inteira para a torta e inseri-la na forma. Há duas opções. Você pode ir moldando na mão pedaço por pedaço e ir encaixando (quando a torta assa as partes se unem e ficam praticamente imperceptíveis), ou usar um filme plástico sobre uma mesa e, sobre o plástico, moldar a massa e virá-la por cima da torta com a ajuda do plástico. Reserve massa para reforçar as beiradas. Evita que a massa da tampa se desloque quando o recheio começar a esquentar muito e dá um acabamento bacana na torta.

Assim como a esfiha, você pode pincelar azeite e shoyo por cima e salpicar gergelim sobre a torta. Leva de 30 a 40 minutos no forno médio (200º). Ao retirar, espere uns 10 minutos para desenformar ou partir. Ela ficará morna, mas será o suficiente para o recheio acentar.

6 comentários:

receitadochefe disse...

Olá, gostei do seu blog. Também tenho um blog de culinária com todo o tipo de receitas. Gostaria de contribuir com receitas veganas/vegetarianas para o meu blog? Obviamente dou crédito e linko para o seu blog. Assim terá mais visibilidade e mais visitas.

Obrigado!

Isabel Veiga
Receita do Chefe
(http://receitadochefe.blogspot.com)

The Infidel disse...

hahahaha vc quer dominar o mundo hahahaha

Renata Prado disse...

Claro que quero! A la pink e cérebro heerere...

guiaveg disse...

Esta receita foi para o Guia Veg =]
Parabéns pelo blog.

para ver sua receita no site.
www.guiaveg.com.br

Liz Fox disse...

obrigada pela receita! eu fiz a torta, e eu amei ela. eu traduzi a receita ao ingles no meu blog. :) o link é: http://abp-bulbasaur.tumblr.com/post/18422324997/translation-empadao-integral-de-palmito

cerejatop disse...

Parabéns pela divulgação da cozinha sem crueldade, compassiva e de caráter.

Eu vou anotar e fazer com certeza. Pra que matar animais se TUDO é substituível, se temos opções para se vestir bem e tantas marcas sem testes certo? Beijão!